Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Projeto promove ações :melhorar à saúde da Mulher p usuárias de UBSs da cidade - Babel FM

Projeto promove ações :melhorar à saúde da Mulher p usuárias de UBSs da cidade

Todos os anos, outubro é marcado como o mês de prevenção e combate ao câncer de mama, uma doença que leva sofrimento à vida de muitas mulheres. Pensando nisso, um grupo de estudantes da faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) criou o “Um Aperto de Mama”, um projeto que leva informações de qualidade e promove saúde integral para essas mulheres. As atividades são desenvolvidas juntamente com as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Dom Bosco, Santa Cecília, Santo Antônio, São Sebastião e Nossa Senhora Aparecida.

“Temos o foco de desenvolver ações de cuidado integrativo e multidisciplinar à saúde da mulher nas cinco Unidades Básicas de Saúde assistidas pelo projeto. Fazemos isso através da promoção de conhecimento, visando a melhora da qualidade de vida dessa população”, explica Maria Clara Barros, aluna de Medicina e uma das coordenadoras do projeto.

A fim de propiciar essa abordagem, o projeto possui um grupo de WhatsApp com as mulheres atendidas por essas UBS, onde é enviado diariamente conteúdos diversos, buscando sempre a prevenção de doenças, sejam elas físicas ou psicológicas. “Neste grupo, estabelecemos um vínculo com essas mulheres conversando com elas também sobre assuntos do cotidiano, como troca de receitas saudáveis e cuidados pessoais”.

A fim de atender aquelas que não têm acesso ao conteúdo compartilhado nos meios digitais, o projeto distribui folders educativos nas UBS, de forma bimensal e com temas que se relacionam com as principais demandas trazidas pelos gestores das UBS. Seguindo essa proposta, “um exemplo foi o folder sobre ISTs (Infecções sexualmente transmissíveis), elaborado a partir da demanda da equipe de saúde, que identificou o aumento da incidência de sífilis entre as pacientes atendidas nessas Unidades de Saúde”, conta a estudante.

O câncer de mama possui elevada taxa de cura, principalmente se houver o diagnóstico precoce da doença. Uma das formas de prevenção é o autoexame, em que a própria paciente pode tentar encontrar possíveis nódulos que estejam perceptíveis. Em diálogo com a prevenção, Maria Clara Barros ressalta a importância em “promover educação em saúde como uma forma de empoderar as mulheres assistidas pelo projeto, encorajando-as a conhecerem o próprio corpo e a praticarem o autocuidado”.

Pensado inicialmente na conscientização sobre o câncer de mama, o Projeto tomou contornos que o levaram a discutir todo ecossistema que corresponde ao cuidado com a saúde da mulher. “Ao longo da nossa trajetória, percebemos a necessidade de expandir a temática para a saúde da mulher como um todo, discutindo assuntos desde a menarca até a menopausa, de modo multidisciplinar e abrangente”, conta Maria Clara.

Além da democratização do acesso à informação para as mulheres atendidas pela Unidades de Saúde, o “Um Aperto de Mama” também é uma forma de aproximar a comunidade acadêmica da população, através do mútuo compartilhamento de conhecimentos. “Participar das ações do projeto gera benefícios não somente para a população assistida, mas também para nós que desenvolvemos a atuação. Isso porque, além de todo o conhecimento teórico adquirido sobre saúde da mulher, temos a oportunidade de entrar em contato com essas pacientes, exercitando nossa capacidade de comunicação interpessoal”, exemplifica a coordenadora do Projeto.

Campanha de arrecadação de absorventes

A pobreza menstrual, problema que afeta milhares de mulheres ao redor do país, é caracterizada pela falta de acesso a produtos de higiene pessoal durante o período menstrual. Pensando nisso, o grupo desenvolveu uma campanha para coletar absorventes e distribuí-los. As pessoas que tiverem interesse em doar, podem conferir os pontos de coleta na página do projeto. “Essa situação envolve diversos fatores sociais, que acarretam consequências como infecções urogenitais, discriminação, evasão escolar, entre outros danos”

Os absorventes arrecadados serão distribuídos entre mulheres em situação de maior vulnerabilidade social. Todo processo de entrega dos produtos será intermediado pelas Unidades Básicas de Saúde dos bairros Dom Bosco, Santo Antônio, Santa Cecília, São Sebastião e Nossa Senhora Aparecida.

Conheça

Atualmente, o projeto conta com 30 alunos sob a orientação dos professores Flávio Ronzani e Márcio Alves. Além deles, há uma gestão participativa dos cinco representantes das UBSs que trabalham em colaboração com outros profissionais da saúde como mastologistas, nutricionistas, enfermeiras, ginecologistas, psicólogos, médicos da família, pediatras, fisioterapeutas, radiologistas e doulas.

O Um Aperto de Mama está no Facebook, YouTube e Instagram (@umapertodemama). Além disso, clicando no link disponível na bio do Instagram é possível participar do grupo de WhatsApp do Projeto, além de ter acesso a e-books informativos e aulas ministradas pelos colaboradores.

Fonte:PJF

 

Deixe seu comentário:

PARCEIROS DA BABEL

PODCAST BABEL FM

SEJA PARCEIRO

© Direitos reservados Rádio Babel FM 2021 Web Rádio administrável