Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Conheça o Måneskin, banda italiana que está resgatando o rock - Babel FM

Conheça o Måneskin, banda italiana que está resgatando o rock

Quem acompanha as listas das músicas mais ouvidas nas plataformas de streaming já deve ter se acostumado com o pop e o rap dominando os primeiros lugares há uns bons anos. Contudo, uma banda de hard rock tem conquistado seu espaço: o Måneskin

O grupo italiano formado por Damiano David, Victoria De Angelis, Thomas Raggi e Ethan Torchio não apenas está ajudando a trazer o estilo de volta, como carrega a essência do gênero: a irreverência, ousadia e o visual alternativo típico dos anos 80, época em que as bandas rock brilhavam.

Mesclando diferentes vertentes como o glam e funk/rock, o quarteto surpreendeu a todos ao mostrar um novo olhar para a música italiana e despertou a atenção principalmente por ser a trilha de vários vídeos no TikTok.

Se você está curioso para saber a trajetória deles e os motivos de tanto sucesso, vamos te contar tudo sobre a banda Måneskin.

Måneskin: o começo da banda

Cada vez que um artista rompe a barreira do anonimato é natural que todo mundo queira conhecer os detalhes que os fizeram chegar até o topo. Com o Måneskin isso não seria diferente.

A história da banda começou na escola, quando os amigos Victoria (baixista) e Thomas (guitarrista) decidiram, em 2015, formar um conjunto musical, que logo contou com a entrada de David (vocalista) e Ethan (baterista).

A inspiração para o nome do grupo veio da língua natal da mãe de Victoria, o dinamarquês. Em uma brincadeira com seus companheiros musicais, ela chegou a palavra Måneskin, que significa clarão da lua. O nome caiu no gosto deles e logo foi adotado como oficial.

A primeira competição: o X Factor 

Como tentativa inicial rumo ao estrelato, o Måneskin entrou para competir no The X Factor italiano, no ano de 2017. Logo na primeira audição, o conjunto demonstrou personalidade ao apresentar uma canção de rock alternativo originalChosen

Caindo na graças dos jurados e do público, a banda foi avançando no programa e chegou a grande final. O Måneskin ficou com o segundo lugar, mas o grupo já era amado pelos italianos e estava pronto para lançar o primeiro EP, que também se chama Chosen e, um ano depois, o álbum Il Ballo Della Vita, traduzido como A Dança da Vida.

O fato de eles cantarem tanto em italiano quanto em inglês já era um sinal de que as ambições dos jovens não eram pequenas e havia o desejo de expandir seu alcance para outros países, a começar pelos da Europa. 

O disco fez bonito no mercado e fez com que o Måneskin ganhasse relevância, a ponto de abrir o show do Imagine Dragons em Milão. Na mesma época, eles estrelaram o próprio documentário, que foi exibido em diversos cinemas da Itália.

Da Itália para a Europa: a vitória no Eurovision 

O disco de estreia garantiu a primeira turnê pela Europa, que passou por países como Espanha, Itália e Alemanha. Contudo, o auge ainda estaria para chegar.

Em março deste ano, o Måneskin venceu o Festival de Sanremo, o concurso musical mais importante da Itália, e que garantia uma vaga para o Eurovision.

Eurovision é um tradicional concurso de canções que faz sucesso não apenas no velho continente como em diversos lugares do mundo. O festival televisionado reúne representantes de todos os países da região para disputar o troféu anualmente e já contou com a presença de artistas no mesmo nível que ABBA e Céline Dion.

Após um ano de recesso, por conta da pandemia, o programa retornou esse ano e lá estava o quarteto defendendo as cores da Itália. Na grande final, eles apresentaram a canção original Zitti e Buoni, que precisou passar por alguns cortes para ser apresentada, por conta dos palavrões

Após a apresentação que conquistou o público, restava aguardar o resultado da votação popular e dos jurados. Com a divulgação do resultado final, o palco de Rotterdan ficou pequeno para a festa do Måneskin, com o grupo se sagrando o vencedor do concurso.

A noite da festividade ainda gerou polêmicas, com a especulação de que o vocalista David estaria usando cocaína durante a competição, o que foi desmentido por um exame toxicológico feito pelo próprio artista. Daí era só celebrar.

O boom no TikTok e os próximos passos 

Cativantes pela voz e presença de palco, o conjunto também despertou paixões por conta do visual andrógino e provocante.

Como atualmente o que vira trend no TikTok é sinônimo de sucesso, as músicas do grupo começaram a aparecer entre as mais utilizadas pelos perfis, entre elas Beggin e I Wanna Be Your Slave. 

As vendas dispararam e o Måneskin já conta com 28 milhões de ouvintes mensais no Spotify, um número que só cresce. Com a recente troca de empresários, o objetivo é alcançar outros continentes e claro que América está nos planos dos jovens.

Músicas do Måneskin que você precisa ouvir

Como tudo ainda é muito recente, separamos aquelas faixas essenciais para colocar na playlist!

Beggin’

Um cover da música lançada em 1967 por Frankie Valli and the Four Seasons, Beggin’ foi repaginada para a versão rock e se tornou viral no TikTok.

 

Escute também a versão original diretamente da década de 60: Beggin

I Wanna Be Your Slave

Com um ritmo, letra e vocais que reúnem a essência do rock, I Wanna Be Your Slave desponta como o sucesso que tem tudo para conquistar o mundo.

Chosen

Como uma carta de apresentação, Chosen é uma das faixas principais do trabalho de estreia e traz uma sonoridade ao estilo rock alternativo que todos amam.

O clipe, lançado em 2017, consegue transmitir bem a personalidade da banda.

 

Mais fatos sobre o Måneskin para você conhecer

  • Todos eles pertencem à famosa geração Z. David é o mais velho, com 22 anos, e Thomas o mais jovem, com 20.
  • Marlena, a personagem do primeiro álbum, representa a imagem da liberdade, criatividade e inspiração. 
  • Em uma apresentação na Polônia, país conservador, David e Thomas deram um beijo ao vivo e deixaram a mensagem: o amor nunca é errado. 🌈
  • O repertório deles também é conhecido pelos covers, como Somebody Told Me do The Killers e Midnight Sky, de Miley Cyrus.

 

Sempre é dia de rock 

O rock nunca sai de moda, e se você quer saber mais sobre o estilo que inspirou a banda, sempre é tempo de recordar ou conhecer as melhores bandas de hard rock.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário:

PARCEIROS DA BABEL

PODCAST BABEL FM

SEJA PARCEIRO

© Direitos reservados Rádio Babel FM 2021 Web Rádio administrável